Um Curriculum competitivo


CV & Candidaturas

SAPO Emprego

Tenha um CV que se distinga dos demais.

Enquanto reflexo do perfil profissional do candidato, não existe segredo escondido nem fórmulas mágicas que possam transformar o Curriculum Vitae numa porta aberta garantida para o emprego que procura.  No entanto, dada a actual situação do mercado de trabalho, existem alguns cuidados que deverá ter para que o seu CV se distinga face à forte concorrência de profissionais.  Reunimos as dez dicas mais importantes para um Curriculum competitivo.

1.  É importante reservar tempo para fazer o seu currículo. Não queira “despachar” o assunto copiando um modelo ou usando o de algum amigo. O CV é um investimento pessoal e deve ser adaptado a cada empresa e anúncio a que responde.

2.  Divida o currículo em grandes grupos, que permitam aos seleccionadores encontrar com rapidez a informação que procuram (por exemplo: dados pessoais, habilitações literárias, formação complementar, experiência profissional, outros conhecimentos e informações complementares). A ordem em que vai dispor estes grupos é também importante; se o currículo estiver bem estruturado, a leitura torna-se mais fácil.

 3.  Aproveite para mencionar todas as informações relevantes para a função a que se candidata, tais como as suas principais qualificações e competências nessa área, demonstrando objectivos específicos do que pretende alcançar. Preferencialmente, dê alguns  exemplos concretos do que já fez noutras funções, que permitam mais facilmente compreender as suas capacidades.

 4.  Disponibilize uma área inicial de dados pessoais onde deverá incluir a informação que seja realmente importante para os seleccionadores. É essencial destacar o seu nome, morada actual, números de telefone fixo e móvel, e e-mail. Há muitos dados que são pouco importantes ou redundantes:  números de bilhete de identidade, contribuinte, carta de condução (pode referir que tem). Dados como a altura, por exemplo, só serão importantes para funções muito específicas e só em casos em que a empresa o solicite ou considere que a apresentação seja factor decisivo, deverá juntar uma fotografia.

 5.  Na  secção dedicada às “Habilitações literárias” deverá  revelar apenas os graus mais importantes e sempre do mais elevado para o menor. Indique sempre o ano de início e o ano final, a instituição que frequentou, a área do curso, e a média (se for favorável e caso ainda não tenha experiência profissional que se sobreponha a este factor).

6.   Caso se justifique crie uma área de “Formação complementar” onde possa mencionar alguma formação profissional ou de especialização,  workshops, conferências e outra tipo de cursos que tenha frequentado e que sejam relevantes para a área a que se candidata. É importante que mencione a área, a instituição, a carga horária e a classificação obtida. Se alguma destas experiências tiver ocorrido fora do país, indique também o local e o idioma.

7.  A zona fulcral de todo o seu CV é, sem dúvida alguma a “Experiência Profissional”. Se tem um percurso profissional muito extenso ou diversificado, apresente apenas a experiência relevante para a função a que se candidata demonstrando a sua capacidade de discernimento. Refira as empresas em que trabalhou, quando e durante quanto tempo e aproveite para uma breve descrição das funções desempenhadas. Caso não tenha experiência profissional pode sempre mencionar trabalhos académicos em que tenha tido uma boa nota (mencione o nome do docente); um estágio ou um trabalho temporário.

 8.  Se possui alguns conhecimentos em áreas paralelas àquelas a que concorre e que considera poderem, de alguma forma, constituir uma mais valia ao seu perfil, mencione-os num ponto suplementar ao seu CV,  mencionando o nível de conhecimento e desenvolvendo algumas competências básicas relacionadas.

9. Para alguns perfis ou determinadas funções, poderá fazer sentido enriquecer o seu perfil profissional com algumas informações complementares .  Neste âmbito, poderá mencionar actividades extra-curriculares, tais como apresentações públicas, artigos publicados, projectos especiais,...

 10.  Utilize verbos na voz activa, que indiquem determinação: alcançar, ganhar, aprender, servir, arranjar, encorajar, etc. Use palavras como: primeiro, único, melhor... que tornarão o seu currículo mais rico e apelativo.

Publicidade

Siga-nos em:
Twitter   Facebook   LinkedIn   RSS   MEO Kanal - SAPO Emprego