A entrevista telefónica


Entrevistas de Emprego

SAPO Emprego

Para não estar totalmente desprevenido caso o telefone toque.

Apesar de não ser um meio ainda muito frequente, a entrevista telefónica começa a ser utilizada pelas empresas para a primeira fase de triagem de candidatos. Este é um método eficaz para o recrutador, especialmente pelo factor "surpresa" que ajuda a avaliar o candidato sem a "máscara" ensaiada para entrevistas.
Tirando o desconforto inicial pelo inesperado da situação, o facto de estar num ambiente que lhe é familiar e não ter contacto visual directo com o entrevistador também poderá ser benéfico para o próprio candidato, deixando-o mais relaxado e confiante. Para não estar totalmente desprevenido caso o telefone toque, aqui ficam algumas dicas para "sobreviver" a uma entrevista telefónica.  

1. Tenha sempre o seu CV presente
- Este é o primeiro contacto que a empresa teve consigo, e por isso a entrevista há-de ser essencialmente baseada nas informações contidas no mesmo. Procure recordar-se de todas as informações que disponibilizou neste documento e, se possível tenha sempre um CV "à mão" para poder consultá-lo enquanto a entrevista estiver a decorrer.

2. Seja organizado
- Guarde a informação que tem acerca das empresas e dos anúncios a que se candidatou num local acessível. Desta forma poderá recorrer facilmente a estes auxiliares, se for necessário.

3. "Reúna dados"
- É provável que, no decorrer da entrevista, seja confrontado com questões relativas aos pontos altos da sua carreira ou aspectos respeitantes ao seu trabalho actual, informações básicas da empresa que o está a entrevistar e, como já foi referido anteriormente, acerca do seu currículo. Esteja então preparado para responder a este tipo de questões, reunindo para isso a informação necessária (mesmo que seja mentalmente).

4. Tenha papel e caneta "à mão"
- Desta forma poderá fazer anotações acerca das perguntas que lhe forem feitas e das respostas que for dando, para não entrar em contradição, quer no decorrer da entrevista telefónica, quer na entrevista presencial, se passar a essa fase. Poderá também tomar nota de informações que lhe forem dadas durante a entrevista, e de possíveis dúvidas que possam surgir.

5. Afaste-se de elementos que o possam distrair
- Como televisão, rádio, animais de estimação, entre outros, para não perder a concentração durante a entrevista.

6. Fale correctamente
- Procure não cometer erros de português, e mantenha um tom de voz afável. Fale de forma natural e clara, pronunciando bem as palavras.

7. Saiba ouvir
- Não monopolize a conversa, e não "atropele" o entrevistador. Oiça o que o entrevistador tem a dizer, desta forma poderá reunir uma maior quantidade de informação, e responder de uma forma mais adequada às questões colocadas.

8. Reserve tempo para a entrevista
- Uma entrevista telefónica pode durar, geralmente, entre vinte minutos a uma hora. Prepare-se para passar este tempo ao telefone. Se a chamada chegar numa altura realmente imprópria, em que não poderá dar ao entrevistador a atenção merecida, é preferível ser sincero e, procurar agendar uma nova hora, do que tornar-se indelicado com o entrevistador.

9. Mantenha a seriedade
- É importante que, durante uma entrevista telefónica aja com a mesma seriedade com que estaria numa entrevista presencial. Esta entrevista é eliminatória, e pode afastá-lo do processo de recrutamento, por isso tenha os mesmos cuidados que teria numa entrevista presencial. Por exemplo, não coma e não fume, porque os sons produzidos poderão ser percebidos pelo entrevistador.

Publicidade

Siga-nos em:
Twitter   Facebook   LinkedIn   RSS   MEO Kanal - SAPO Emprego