Breve introdução ao Franchising


Criação do Próprio Emprego

SAPO Emprego

Algumas das ideias fundamentais sobre este modelo de negócio.

O franchising é um modelo, cujo sucesso reside na transferência de know-how de um negócio testado com sucesso pela empresa franchisadora para um parceiro disposto a investir num negócio, mas sem ter de começar do zero. Os pontos fortes desta parceria têm também o reverso da medalha e nem todos os empreendedores se encaixam no perfil do franchisado perfeito.

Em Portugal, o último Censo IIF revelou que operam 521 marcas em franchising e 11 305 unidades franchisadas. É uma fórmula de negócio que gerou mais de 5 mil milhões de euros no ano passado e é responsável por 68 960 postos de trabalho.

Procurado por muitos empreendedores na hora da decisão de criar o próprio negócio, o franchising é todavia um modelo que implica a aceitação de determinadas condições de adesão.

Se de um lado está a vantagem de aceder ao know-how de uma marca e às mais valias de operar em rede, do outro lado da balança pesam as contrapartidas financeiras a pagar por essa experiência testada com sucesso e a capacidade subjacente do franchisado trabalhar em equipa e ser liderado por um franchisador ou master.

Para além da formação inicial e contínua, o franchising permite o acesso à utilização de uma marca com notoriedade no mercado ou em processo de consolidação, beneficiar de acordos negociados com fornecedores e instituições, usar ferramentas de marketing extensíveis a uma rede nacional e ter apoio em diversas áreas da gestão do negócio.

Ao franchisado pede-se capacidade financeira para investir na abertura da unidade local e disponibilidade para se dedicar ao negócio. A assinatura do contrato implica aceitar as regras de funcionamento da rede e da marca. Nem todos, conseguem se adaptar ao modelo e é preciso analisar se a personalidade se adequa às exigências que este implica. Uma marca não terá sucesso sem um parceiro com capacidade para liderar e com iniciativa de gerir localmente o negócio. Mas precisa de uma rede em sintonia.

Encontrar as oportunidades

A internet, os directórios, as feiras e as revistas da especialidade são fontes de informação por excelência para quem procura um negócio em franchising.

Na selecção do negócio deve ser tida em conta a capacidade financeira do empreendedor, o gosto e as mais valias pessoais e profissionais. Falar com outros franchisados, conhecer a concorrência e esclarecer todas as dúvidas jurídicas e contratuais, são passos obrigatórios para quem está em processo de adesão a uma marca.

O franchising não é a única fórmula de parceria disponível no mercado. Há outro tipo de contratos com marcas que podem se adequar melhor ao perfil do empreendedor. As redes afiliadas são uma das respostas para quem pretende estar sob um chapéu de uma marca, mas com maior independência de gestão.

Fonte: Inforfranchising http://www.infofranchising.pt

Publicidade

Siga-nos em:
Twitter   Facebook   LinkedIn   RSS   MEO Kanal - SAPO Emprego