Follow-up da Entrevista


Entrevistas de Emprego

SAPO Emprego

Conheça as melhores formas de tomar as rédeas da situação.

Contra as melhores práticas de recursos humanos, são muitas as empresas que não têm o hábito de contactar todos os candidatos envolvidos nos seus processos de recrutamento. A maior parte das vezes, optam pelo caminho menos “trabalhoso”, ignorando as candidaturas não seleccionadas e esperando que estes candidatos acabem por esquecer o processo. Os candidatos reclamam mas, na verdade, a solução para esta situação está também nas suas mãos! Porque não, ao invés de aguardar unicamente por notícias da empresa, tomar a iniciativa de contactá-la para tentar saber o ponto da situação do processo de recrutamento?

Conheça as melhores formas de tomar as rédeas da situação, fazendo do follow-up da entrevista uma técnica de marketing pessoal, que valorize a sua candidatura. 

# Seja proactivo! Dar seguimento às suas entrevistas é uma excelente forma de demonstrar que está efectivamente interessado e empenhado naquela oportunidade, sendo, ao mesmo tempo, uma excelente possibilidade de aprendizagem e desenvolvimento para a sua carreira. 

# Peça um cartão de contacto ao seu entrevistador ou certifique-se que toma nota do nome e contactos correctamente. Questione-o logo se serão contactados todos os candidatos e, para evitar dissabores, aproveite para averiguar a possibilidade de contactar directamente a empresa e quais os dias/horas mais convenientes.

# Dois dias depois da entrevista, envie um email de agradecimento a quem o entrevistou, agradecendo o tempo e atenção dispensados à sua candidatura e reiterando o seu interesse na empresa e funções em questão. Esta é uma excelente forma de sobressair perante os restantes candidatos!

# Faça questão de enviar a nota de agradecimento em todos os processos de recrutamento em que esteja envolvido, independemente dos resultados. Desta forma, garantirá uma boa imagem para uma eventual segunda oportunidade!

# Regra geral, uma semana é o período indicado para aguardar até o follow-up telefónico. Se, no decorrer da entrevista, lhe tiver sido dado um prazo de resposta, deverá respeitá-lo e não tentar saber nada antes dessa data.

# Não desanime se não tiver recebido novidades da empresa. Por vezes acontecem imprevistos ou o processo atrasa por qualquer motivo, o que não significa que não há interesse em si.

# Nunca interrompa a sua procura de emprego só porque uma entrevista lhe correu particularmente bem, ou alguma empresa se mostrou interessada no seu perfil para uma segunda fase de selecção. Continue activamente envolvido em todos os processos que lhe possam interessar.

# Caso não tenha o contacto directo de quem o entrevistou, ou se não quiser incomodar a pessoa em questão, poderá contactar o departamento de Recursos Humanos da empresa para saber o ponto da situação.

# Apesar do follow-up poder ser feito via email, o ideal neste caso é fazer uma chamada telefónica. Mas antes de ligar, prepare-se! É essencial que saiba precisamente aquilo que quer dizer, para não “gaguejar” na hora H.

# Não tenha receio de parecer insistente. Ligar uma vez para a empresa para tentar saber o ponto da situação só demonstra o seu interesse e entusiasmo. É, no entanto, importante que o bom senso prevaleça. Não ligue duas ou três vezes na mesma semana e muito menos no mesmo dia!

# Se, no momento do seu contacto, o candidato ainda não tiver sido escolhido, pergunte se têm alguma previsão da data em que a decisão será tomada e volte a contactar a empresa nessa altura.

#  Não tenha receio de uma resposta menos positiva. Na verdade, esta pode ser também uma boa oportunidade para averiguar se existem mais vagas em aberto na empresa.

# Se, depois de diversas tentativas, continuar sem conseguir entrar em contacto com o seu interlocutor ou algum responsável dos Recursos Humanos da empresa, saiba desistir e redireccionar a sua atenção para outras oportunidades.

Publicidade

Siga-nos em:
Twitter   Facebook   LinkedIn   RSS   MEO Kanal - SAPO Emprego