Candidatos no activo


Procura de Emprego

SAPO Emprego

Encontrar emprego enquanto trabalha.

Quem já esteve numa situação de mudança de emprego, sabe que é muito mais fácil encontrar uma nova oportunidade quando se está empregado do que quando se está "inactivo". De facto, as estatísticas demonstram que a maior parte das pessoas que utilizam os sites de recrutamento são profissionais activos que o fazem a partir do seu posto de trabalho. Por outro lado, é também notório que, da parte das empresas, a primeira escolha em processos de selecção recai, invariavelmente, em candidatos que estão naquele momento empregados. Naturalmente, impõe-se a máxima discrição, mas basta seguir algumas regras e conseguirá avançar na procura de emprego sem prejudicar a sua situação actual. 

   1. Crie uma conta de email autónoma.  Para que possa ser contactado por email, sem correr o risco de "ser apanhado" pelos olhares indiscretos dos administradores de sistemas da sua empresa. Enquanto que criar uma conta de email é gratuito e simples de fazer, colocar o seu endereço electrónico profissional no currículo, ou divulgá-lo de alguma forma a potenciais empregadores, pode ter um custo elevado!

 2. Opte pelo online!  Faça uso das ferramentas disponíveis nos serviços de e-recruitment, que permitem utilizar uma área exclusiva de gestão das suas candidaturas acessível mediante um username e uma password e manter total confidencialidade em todos os processos (colocação de Cv e resposta a anúncios).

 3. Use o senso-comum.  Evite navegar em sites de recrutamento quando está no seu local de trabalho, porque irá certamente levantar suspeitas. Em caso de necessidade, use a sua hora de almoço ou chegue um pouco mais cedo para tratar das suas candidaturas. Igualmente, evite marcar entrevistas para o seu horário normal de trabalho pois rapidamente surgirão algumas desconfianças por parte dos seus superiores hierárquicos.

 4. Não comente com os seus colegas.  Dentro de uma empresa, as notícias espalham-se facilmente, pelo que deverá manter o máximo de sigilo e secretismo durante todo o processo para evitar que alguém resolva antecipar a sua saída.

 5. Evite vangloriar-se perante o seu chefe.  Mesmo que lhe pareça uma excelente oportunidade para demonstrar que é um profissional requisitado, não arrisque... Ao demonstrar-se disponível para outras empresas e funções, irá fazer com que o seu chefe deixe de confiar em si e lhe retire responsabilidades.

 6. Não deixe indícios na sua secretária.  Naturalmente que ninguém vai propositadamente procurar "pistas" mas, "acidentalmente" poderão sempre ser detectados alguns números de telefone, uma carta de apresentação ou o seu cv misturado com os seus papéis…

 7. Não se esqueça das suas responsabilidades.  Apesar de estar com vontade de sair da empresa, deverá manter sempre o seu brio profissional e continuar a cumprir normalmente as suas tarefas. Lembre-se que, quando se deixa uma organização, colegas e superiores tendem a guardar a imagem dos seus últimos tempos. Seja um bom colega e um bom profissional e saia cordialmente. 

Publicidade

Siga-nos em:
Twitter   Facebook   LinkedIn   RSS   MEO Kanal - SAPO Emprego