Idade e motivações


Ambiente de Trabalho

SAPO Emprego

Diferentes fases do percurso profissional.

Ainda que seguindo um rumo mais ou menos delineado e sabendo que direcção queremos tomar, as expectativas e motivações vão sendo diferentes consoante avançamos no nosso percursos profissional. De facto, o que ambicionamos hoje pouco se aproxima do que ambicionávamos há dez anos atrás e nada tem a ver, com grande probabilidade, ao que vamos aspirar daqui a mais dez.
Sem querer estereotipar nem catalogar faixas etárias, desvendamos o que mais se destaca como prioridade em determinadas fases da vida e da carreira profissional, delineando as motivações típicas de cada idade.

Aos 20… Aprendizagem
A entrada no mercado de trabalho e a descoberta de um “novo mundo” que tem tanto para dar e onde há tanto por explorar. Esta é tipicamente a fase da aprendizagem, de sedimentar conhecimentos e adquirir competências. É o ponto de partida, onde as prioridades são adquirir as melhores ferramentas para um percurso que se quer longo e repleto de êxitos.

Aos 30.... Ambição
A vontade de ser bem sucedido e dar provas do talento é o principal motor do desempenho profissional durante esta etapa. Sobretudo, o profissional procura colher os primeiros frutos de todo o trabalho e esforço desenvolvido previamente. Quer-se fazer mais e melhor. Chegar cada vez mais longe. Esta é normalmente uma fase de rápido crescimento e evolução profissional, onde o empenho está fundamentalmente centrado em conseguir um melhor emprego ou uma promoção.

Aos 40... Status
O reconhecimento pelos seus pares, pelas chefias e subordinados é um dos principais sinais de êxito profissional. Durante esta fase, importa garantir que o trabalho desenvolvido, para além dos resultados práticos obtidos, está também reconhecido por todos que o rodeiam. Não basta ser um bom profissional, é preciso que todos o saibam e o reconheçam. Para além das funções desempenhadas o “cargo” e a posição hierárquica que se ocupa assumem uma maior relevância.

Depois dos 50...  Estabilidade
Naturalmente, pelos condicionamentos típicos da idade, a segurança do trabalho passa a ser um dos focos centrais a nível profissional. Nesta fase, mais do que ambicionar novos desafios, os profissionais procuram ter bons níveis de desempenho e reforçam os seus laços com a empresa. Mais do que nunca, há uma dedicação e fidelidade aos valores da empresa e uma valorização dos laços entre colegas e chefias.

Publicidade

Siga-nos em:
Twitter   Facebook   LinkedIn   RSS   MEO Kanal - SAPO Emprego