Praticar Para Ser Inovador


Desenvolvimento de Carreira

SAPO Emprego

As competências de inovação têm apenas um terço de genético

É difícil não concordar com a ideia de que a inovação é atualmente o mais importante em termos de criação de valor. Mas a verdadeira questão é como conseguir gerar melhores resultados a partir do esforço de inovação.
Uma forte liderança e as condições adequadas numa organização contam, mas no final a diferença estará na atitude e no comportamento de cada pessoa. Por isso cada um de nós tem de perguntar-se: como me torno mais inovador?
Há estudos que mostram que as competências de inovação têm apenas um terço de genético. Ou seja, mesmo quem aqui não foi abençoado tem boas hipóteses de se tornar inovador. Jeffrey H. Dyer, Hal B. Gregersen e Clayton M. Christensen falam em praticar cinco competências:
- Associação, para com sucesso ligar questões aparentemente sem relação, ou problemas ou ideias de diferentes campos. Steve Jobs foi um bom exemplo.
- Questionar, para desafiar o ‘status quo’. Perguntar por quê, ou por que não. Imaginar opostos ou recorrer a constrangimentos para despoletar oportunidades ‘out of the box’ são bons exercícios. Um dos nove princípios de inovação do Google tem a ver com isto.
- Observar, para detetar detalhes comportamentais (pessoas a trabalhar, a viver as suas vidas). A filosofia da Toyota assenta nesta ideia.
- Experimentar, criando protótipos e «pilotos de teste». Na Amazon, os empregados são encorajados neste âmbito.
- ‘Networking’, investir em encontrar e testar ideias através de uma ‘network’ de pessoas com diferentes perspetivas. A ideia original do Blackberry surgiu numa conferência.
Como os autores referidos assinalaram, pensar diferente é inspirador, mas é incompleto. É preciso agir de forma diferente para estar apto a pensar diferente. Por que não tentar?

Por Manuela Calhau
Manuela Calhau é ‘marketing, mall activation & innovation director’ (Europe & New Markets) da Sonae Sierra; mfcalhau@sonaesierra.com

Nota: artigo publicado na edição 3 da revista «DO it!» (outubro/ dezembro de 2012) www.doit.pt

Publicidade

Siga-nos em:
Twitter   Facebook   LinkedIn   RSS   MEO Kanal - SAPO Emprego