Como a Imagem Pessoal Vende


Comportamento & Marketing Pessoal

SAPO Emprego

A importância de saber escolher a roupa certa para cada ocasião negocial B2B

Por Ana Teresa Penim

O vestuário masculino no contexto empresarial e de negócios tem sofrido evoluções significativas nos últimos anos. À semelhança do feminino, há hoje um maior número de opções, e a informalidade é mais bem aceite. Muitos homens temem «riscos» na forma de vestir. Outros são mais ousados e sem terem consciência exageram ou tomam decisões erradas, prejudicando a sua imagem e a da empresa.
É natural que muitos negociadores tenham dúvidas acrescidas sobre a forma mais adequada de se vestirem para enfrentarem com sucesso situações profissionais. O fato ainda se usa? Devo levar gravata? O lenço no bolso do ‘blazer’ é compatível com o uso de gravata? Que tipo de sapatos liga com determinada roupa? Entre muitas outras…
Consultados alguns executivos cujo dia-a-dia passa por intensa dinâmica negocial ‘business to business’ (B2B), a DO it! identificou algumas das situações negociais que lhes colocam mais dúvidas em termos de apresentação e ouviu as recomendações da ‘fashion adviser’ Sofia Morais, especialista em roupa executiva para homem.

Reunião de negócios numa instituição mais formal
- Fato de lã fria, escuro, cinzento ou azul, de dois botões. Pode ter diversos padrões (riscas finas, risco de giz, olho de perdiz, ‘pied de poule’, espinhado, príncipe de gales ou mesmo liso).
- Camisa 100% de algodão, clássica, lisa, de preferência branca ou então azul/ beije muito claro, com punhos duplos (sem botões no colarinho, tecido não deve ser transparente).
- Botões de punho (o que se usa mais são os prateados ou de madre pérola).
. Cinto em pele, liso, preto ou crocodilo.
- Sapatos pretos, modelos clássicos (podem ser mocassins clássicos, com fivela ao lado, prateada, e atacadores)
- Meias pretas, de cano alto.
- Lenço de bolso branco, colocado a direito (à vista apenas uma risca na horizontal).
- Gravata, o acessório mais importante. Não deve ter cores fortes demais, nem desenhos cómicos (deve ser discreta, existindo várias hipóteses, malha de seda lisa ou com desenhos muito pequenos, apenas com padrão com pequenos «Vs», em seda e lisas, apenas com expressão no tecido; às riscas).

Almoço (bom restaurante ou hotel sofisticado), em que o parceiro de negócios não é muito formal
Pode-se contemplar todo o requinte do fato escuro, do lenço de bolso e dos outros detalhes, mas pode-se dispensar-se a gravata. Não usar gravata já não é uma questão de desrespeito, tornando-se até mais atual e ‘fashion’. Pode-se ousar mais no lenço de bolso, que pode ter mais cor e ser colocado mais em forma de flor.
 
Almoço de negócios num clube de golfe ou noutro espaço desportivo
 Neste caso, pode-se optar pelo estilo ‘casual chic’.
- ‘Blazer’ azul escuro, em que o tecido pode ter alguma expressão, dando uma aparência mais ‘fashion’. O detalhe também pode estar nos botões (já não se usa tanto os dourados, mas sim os prateados ou mesmo em massa, azuis escuros). Os botões podem também ser de uma cor a contrastar com a cor do casaco, como beije, acastanhado ou brancos (mais usados no verão). Se se quiser ser mais ousado, pode-se por a linha dos botões a contrastar com a cor dos mesmos.
- Lenço de bolso, em cor divertida e colocado em flor.
- Calças de algodão sarjadas ou em ‘piquet’ (tecido com expressão),  que podem ser de cor beije (dando um toque mais clássico), ou brancas, se for verão (mais atual).
- Camisa, fica sempre bem ser branca e pode ser em tecido Oxford (mais grosso e com mais expressão). Pode ser de uma cor lisa mais forte (no verão, pode-se optar pelo linho).
- Cinto, não precisa de ser liso e em pele. Pode ser trançado em castanho e com uma fivela mais desportiva ou mais vistosa.
- Sapatos, não precisam de ser formais, podendo ter sola de borracha, desde que em pele; castanhos com padrão de furinhos e atacadores, ou até de uma cor mais clara.
 
Reunião na empresa
- Fato de lã, de algodão ou de linho. Linho e algodão são mais informais (têm de se coadunar com o tipo de empresa).
Conforme a situação pode-se optar por:
- ‘Blazer’ ou casaco ‘sport’, este com padrões mais marcados
- Calças com ou sem pinças (estas estão mais na moda e tornam (dependendo da figura) o homem mais elegante.
- Camisa lisa ou com riscas mais marcadas.
. Gravata (se a camisa for muito marcada, deve-se ter cuidado na escolha (preferencialmente lisa e discreta).
- Lenço de bolso, pode e deve ser dispensado para ocasiões rotineiras.
. Sapatos e cinto, devem condizer e ser da mesma cor, mas não precisam de ser muito formais.
***
Estas recomendações aplicam-se a situações negociais ou de empresas onde é usual andar de fato. Há situações, empresas e ‘ateliers’ em que não é suposto usar fato, existindo opções adequadas sem fato ou casaco.


Apresentação e comportamento
+   
•    Roupa bem engomada
•    Sapatos engraxados
•    Dentes saudáveis e hálito fresco
•    Unhas e mãos impecáveis
•    Aroma suave
•    Aperto de mão firme, acompanhado de sorriso e olhar nos olhos
•    Cartão-de-visita em bom estado e entrega de forma personalizada
•    Linguagem e tom de voz adequados a cada situação
•    Conhecer o nome e as funções de todos os presentes
•    Atitude e discurso positivos
•    Escuta ativa dos interlocutores   

•    Tirar o casaco antes de se sentar à mesa e sem pedir licença aos interlocutores
•    Andar sem meias (mesmo no verão)
•    Roupa suada
•    Cabelo sujo ou demasiado comprido
•    Gel excessivo no cabelo
•    Tatuagens ou ‘piercings’ à vista
•    Perfume demasiado forte
•    Passar à frente de uma senhora (exceto nas escadas) ou sentar-se antes dela
•    Caneta e bloco de notas degradados
•    Atenção excessiva a telemóvel, iPad ou PC, em detrimento do foco no interlocutor
•     Deixar o telemóvel tocar ou atendê-lo à mesa ou numa reunião


Ana Teresa Penim é administradora-delegada do INV, Instituto de Negociação e Vendas; apenim@inv.pt



Nota: artigo publicado na edição 3 da revista «DO it!» (outubro/ dezembro de 2012) www.doit.pt

Publicidade

Siga-nos em:
Twitter   Facebook   LinkedIn   RSS   MEO Kanal - SAPO Emprego