Os motivos do fracasso


Entrevistas de Emprego

SAPO Emprego

Saiba o que pode estar a afastá-lo de um novo emprego.

As entrevistas sucedem-se, mas continua sem conseguir encontrar um emprego que tanto deseja... Apesar de procurar sucessivamente corrigir o que acha que fez de errado na entrevista anterior e melhorar o seu desempenho, parece que há sempre um novo e desconhecido motivo para não ser você o candidato seleccionado.
Não baixe os braços!! Sem dúvida que uma das melhores forma de aprendermos é com os nossos próprios erros, olhando para trás e tentando procurar onde falhámos e onde podíamos ter dado melhor. Mas, na realidade, esta é uma análise que nem sempre conseguimos fazer sozinhos e onde um olhar de “fora”, mais objectivo e imparcial, poderá ser uma ajuda inigualável.
Seleccionámos algumas dicas para procurar conhecer, junto do seu entrevistador, os motivos que o impediram de conseguir esse emprego.

1. Envie uma carta de agradecimento depois de cada entrevista. Apesar de ainda pouco utilizadas, este tipo de cartas são uma excelente forma de marcar a diferença, agradecendo a atenção que lhe foi dispensada e aproveitando para relembrar ao entrevistador a sua candidatura.

2. Se não foi seleccionado para a seguinte fase, procure saber porquê. Contacte o seu entrevistador para saber mais sobre quem foi seleccionado e quais os critérios que levaram ao seu afastamento. Mais do que um “pedido de satisfações”, encare isto como uma forma de pesquisa e aproveite para retirar o máximo de informação possível já que esta será uma rara hipótese de estar por dentro de um processo de selecção.

3. Peça algumas orientações para futuras entrevistas. Ninguém melhor para o ajudar a perceber o que poderá fazer melhor para a próxima e que comportamentos pode corrigir. Se tiver a sorte do seu entrevistador se mostrar disponível, não aproveite este momento para justificar o que fez ou disse durante a entrevista, limite-se a ouvir e a agradecer os conselhos e sugestões.

4. Mantenha-se em cima do acontecimento. Deixe em aberto a possibilidade de futuros contactos e ligue um ou dois meses depois da sua entrevista para saber como está tudo a correr ou se não surgiram novas vagas na empresa. Quem sabe poderá ter a sorte de a escolha não ter sido a melhor e ser agora ponderada uma segunda hipótese à sua candidatura?

5. Não estrague uma segunda oportunidade. Apesar de raro, é verdade que a sorte pode bater duas vezes na mesma porta. Se receber uma chamada para uma segunda entrevista quando pensava que já tudo estava perdido, agarre essa oportunidade com as duas mãos! Deixe os preconceitos e as “mágoas” para trás e aproveite para pôr em prática o que aprendeu entretanto...

Publicidade

Siga-nos em:
Twitter   Facebook   LinkedIn   RSS   MEO Kanal - SAPO Emprego