Satisfação em Queda


Notícias & Actualidade

SAPO Emprego

A satisfação dos portugueses no trabalho está a baixar

Os dados do último relatório do Observatório Nacional de Recursos Humanos são claros: o índice de Satisfação dos trabalhadores portugueses no local de trabalho baixou em 2010.

Os resultados deste estudo mostram  que no ano de 2010:
- Os trabalhadores mais jovens (com idades entre os 18 e 25 anos) são os que apresentam um valor médio de satisfação mais elevado;
- Entre homens e mulheres não se verificam diferenças significativas ao nível do índice de satisfação:
- Em termos de habilitações literárias, os colaboradores com qualificação superior são os que registam os mais baixos níveis de satisfação;
- Os trabalhadores “com menos tempo de casa” (permanência inferior a um ano) são os mais satisfeitos em oposição aos colaboradores que trabalham há mais de 20 anos na empresa.

Para além da questão da Satisfação, este estudo foca-se também nas questões da Lealdade e do Envolvimento. Nestes índices verificou-se também uma quebra face a 2009, contrariando a tendência crescente verificada nesse ano.

Da análise sectorial, salientam-se os melhores resultados médios obtidos no sector privado comparativamente ao sector público, verificando-se igualmente que o sector farmacêutico apresenta valores médios por dimensão mais elevados do que a distribuição, a indústria e os serviços.


Nota
- Os resultados englobam um universo de 26 organizações e de 37.292 respondentes.
- 53,2% das respostas obtidas provêm de colaboradores de organizações públicas e 46,8% de colaboradores de organizações privadas.
- No que diz respeito à distribuição sectorial, 59,8% das respostas é provenitente do sector de serviços, 30,2% da distribuição, 8,6% da indústria e finalmente 1,5% do sector farmacêutico.

Publicidade

Siga-nos em:
Twitter   Facebook   LinkedIn   RSS   MEO Kanal - SAPO Emprego